segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

Como os jovens de Esparta

Na cidade de Esparta, na Grécia, era fundamental que o cidadão interiorizasse os valores militaristas e o rigoroso treinamento físico dos jovens. O nascimento de uma criança em Esparta tinha significado diferente. Um bebê quando nascia era examinado para saber se o seu físico seria encorpado o bastante para fazer parte de um exército de guerreiros.

Sim, essa história lembra a do nosso herói Thomas Cale, que passou sua infância sendo treinado para matar.

No Santuário dos Redentores esta é a mentalidade regente e Cale está ali para ser o maior dos guerreiros, para tornar-se a mão esquerda de Deus.

6 comentários:

  1. Os meninos eram levados de casa aos sete anos, não é? Assim me contaram.

    Interessante, esse aspecto da história de Esparta... E de A Mão Esquerda de Deus!

    ResponderExcluir
  2. Eram examinados ao nascer , se tivessem alguma deficiencia era "descartados". Os que fossem julgados aptos eram levados de casa aos 7 anos.

    ResponderExcluir
  3. Prezados Escritores e Leitores.

    Agora existe um espaço novo, onde escritores podem postar a sinopse de suas obras para um as editoras se interessarem em publicar a obra.
    Podem publicar seus livros de forma segura com uma participação atrativa em percentual de vendas na EditoraClick, na forma de ebook, que revende ebooks através de site, sistema android para celulares, pads, tablets, computadores e note.
    Artistas podem publicar obras.
    Conteúdos aceitos: livros, video aulas, audio books, ebooks, apostilas de concurso, cursos, livros literários, livros científicos entre outros.
    Venha conhecer esse novo universo.
    http://www.scrittodigital.com.br

    ResponderExcluir
  4. NO ENTIENDO LO Q DICEN

    ResponderExcluir
  5. não me ajudou em nada

    ResponderExcluir